III Retiro de Aspirantes à Fraternidade Santos Anjos

Foi realizado nos dias 07 e 08 de abril, na Betânia-Retiros, Pousada e Eventos (Vassouras- RJ) , o III Retiro de Aspirantes à Fraternidade Santos Anjos. O evento contou com a participação de 60 pessoas de vários estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Espirito Santo, Minas Gerais e Santa Catarina.

O tema norteador das atividades foi “O ano do Laicato”. De acordo com o assessor do encontro, presidente da Comissão Episcopal Especial para o Ano do Laicato, Dom Severino Clasen: “a grande missão dos leigos é colaborar na criação do mundo. É criar relações justas para que cada criatura possa viver com dignidade e justiça. Além disso, conhecer Jesus Cristo e segui-lo na fidelidade, na caridade, servindo aos semelhantes e colaborando para o desenvolvimento da sociedade”.

No sábado, a Superiora da Congregação dos Santos Anjos, Irmã Marina Andrade falou sobre a importância da reunião: “fico feliz ao ver este grupo cada vez mais comprometido a estudar e colocar em prática a espiritualidade das Irmãs.  Sabemos que cada vez mais o mundo precisa de pessoas que tenham olhares de amor e ações fraternas”.  Irmã Andrezinha Casassola, da Equipe de Espiritualidade, realizou uma dinâmica visando a apresentação dos aspirantes. Cada membro recebeu um pirulito com uma frase a qual só faria sentido com uma outra. Quando as duas pessoas se encontravam, o sentido da frase ficava completo. Assim foi possível a interação e a apresentação das pessoas.  Em outro momento, os aspirantes de Varginha (MG), Rogério e Lineker, coordenaram uma dinâmica sobre os desafios de cultivar boas ações em uma sociedade  preocupada com a falta de tempo.  Além de um alongamento, o grupo foi dividido em seis equipes. Foram sorteados temas como: “Fraternidade Santos Anjos”, “Presença Religiosa”, “Presença dos Leigos”. Cada equipe teve que apresentar um cartaz que poderia ter um desenho, música, slogan…Tudo isso em um tempo muito curto. Em outra dinâmica, os grupos apresentaram um pequeno teatro com temas alinhados com objetos sorteados. Para encerrar os trabalhos da noite, Irmã Marina promoveu uma bonita reflexão sobre o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”. Foram entregues uma vela e sal para cada participante. O auditório ficou todo iluminado!  Foi o momento de voltar os corações para a tranquilidade e atenção que o retiro merece.

No domingo pela manhã, Dia da Misericórdia,  o Bispo Dom Severino celebrou a Santa Missa. Em seguida, todos se reuniram no auditório para a palestra e debates sobre o papel do leigo na Igreja e no mundo. “Cabe a cada Instituto perceber e deixar-se tocar pela luz que deve brilhar nas fraternidades e ser sal, dar gosto à vida em todas as comunidades, sendo sinal do Reino de Deus entre nós”, finalizou.
Durante o encerramento, Irmã Marina Andrade anunciou que os aspirantes que possuem maior tempo de formação deverão pensar e refletir sobre a responsabilidade de ser Fraternista, pois que os primeiros compromissos serão oficializados ainda em 2018.